16 de agosto de 2008




Céus



Abriram-se as portas do céu.
Por trás delas um azul liso.
De tão liso, parece não ter princípio nem fim.
Mede, num manto, a eternidade!
Quando as portas se fechem,
o azul fica para quem vê para além das nuvens.
O azul... fica para quem ainda sabe sonhar!




.





.

.

9 comentários:

Maria disse...

Que bom teres ainda a capacidade de sonhar!
O azul do céu faz-me voar para além das nuvens, que é onde quero estar...

Um abraço, em azul

Anja Rakas disse...

Eu sou azul..muito azulllll
Beijao e obrigada pelo comentario.
Adorei teu canto azul.

ângela marques disse...

Saber ainda sonhar... aí está algo que não deveria desaparecer.

Beijo

Renato Oliveira disse...

Olá,

É isso azul, sonhar olhando para o céu, para o mar e vivendo o dia a dia com sonhos azuis.

Beijinho

Renato

Mar Arável disse...

BELO

Marinha de Allegue disse...

A inmensidade en azul...
A imaxe acompanha perfectamente ás palabras.
Fermoso post!!!.

Unha aperta em azul.
;)

Sei que existes disse...

Gosto muito do azul!
Linda foto.
Beijo grande

Lua disse...

Tão simples e tão bonito!:)

Obrigada pela visita ao meu cantinho e pelo comentário! Adorei o teu espacinho azul... Mesmo querido!:)

Beijinho*

Fernanda disse...

Entrei no teu espaço azul...e gostei da forma do teu blogue,...palavras, ideias, afectos, sentimentos,... estados de espirito... que ligam com as imagens.
Relaxa passar por aqui, ao fim do de trabalho..:))
Parabéns

Seguidores

Arquivo