14 de agosto de 2008

.

Brincadeira da aldeia
.

"Ó cuquinho da ramalheira,
quantos anos me dás de solteira?
.
Ó cuquinho da ramalhada,
quantos anos me dás de casada?"








Era assim todas as primaveras, enquanto o cuco chocava o seu ovo. O cuco respondia à pergunta. "Cu-cu, Cu-cu..." e as moçoilas (solteiras) contavam ansiosamente cada cantar que lhes daria a resposta. Quanto menos contassem, maior a felicidade. As casadas desejavam ter muito que contar!


.

3 comentários:

Renato Oliveira disse...

Virtualmente azul.

A tradição ainda é o que era?

São giras estas tradições que abundam, felizmente, neste país.

Espero que também foi uma das premiadas com muito cucu !

Beijinho

Renato

Maria disse...

Imagino que as solteiras só quisessem ouvir "cu-cu", e as casadas que o cuco nunca mais parasse..... estilo cuco de corda...
:)))

Não conhecia, sou citadina...

Um abraço, em azul, sempre

Ana disse...

Não conhecia essa tradição, mas gosto de ouvir o cuco.
Um beijo.

Seguidores

Arquivo