10 de fevereiro de 2009

.


Levantarei voo no meu cavalo alado. Ao vento entregarei o ondular dos meus cabelos. Os raios abraço, porque sou receptáculo de luz. Emudeço os trovões à minha passagem com o timbre do meu olhar. Enfrentarei monstros e dragões para a ti chegar. O meu poder tornar-se-á enorme, para te entregar à liberdade. Levar-te-ei a ver as cores, os sorrisos das estrelas.
A quatro mãos esculpiremos os nossos sentimentos com as gotas de chuva que caírem dos céus. E o dia nascerá no horizonte, mais azul que nunca...


.




.

7 comentários:

Carla disse...

e que esse azul ganhe sempre tonalidades de luz
beijos

mfc disse...

Vamos esperar por esse dia azul...

Incapaz disse...

Imagem fantástica!
Linda de morrer.

Avid disse...

Voos de alma...completudes.
Bjs meus

Bill Stein Husenbar disse...

Quando virá esse dia?

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Secret disse...

Adoro letras e palavras. Conheço pouca gente que as use bem. Viajo nas tuas palavras. Quem disse que são apenas sequencias de letras?

Pedrasnuas disse...

vim só para dizer que gosto da foto!
Bjo

Seguidores

Arquivo