19 de novembro de 2008

.
Sei que o desejo me consome. Que nada que diga fará diferença alguma. O meu caminho é agora solitário. A quem darei o amor que nasce no meu peito? Vejo-o crescer dia após dia. E que importam as palavras que possa dizer-te se o amor é sempre maior que qualquer uma delas. Maior que todas juntas. Porque o sinto. Sinto-o sempre mais, sem que seja demais. O amor nunca é demais! Nada que diga fará diferença alguma! Mas gostava de dizer-te que te amo, para além de tudo o que possa dizer-te.
.
.

9 comentários:

Maria disse...

E eu não sei dizer-te seja o que for...

Um beijo

MPereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
andorinha disse...

Quando o amor é assim forte, até as palavras são desnecessárias. No entanto, nunca deixes de o dizer. Nem que seja só para ti própria... e para nós :-)
Um beijo.

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern disse...

Delicadas letras que me encantam as tuas...
beijos e borboleteios

Ana disse...

O amor nunca é demais. E nunca é demais dizê-lo, mesmo que pretendam ser surdos os ouvidos de quem ouve.
Um beijo.

hfm disse...

reflexos do amor nas palavras.

DarkViolet disse...

Os reflexos do Amor abre sempre horizontes, seja ele por pessoas ou pela natureza...

P.S:
Belo lago do jardim botânico, só falta os nenúfares que por vezes andavam lá a nadar:D

Vivian disse...

...você está certa.
o amor não se mede em palavras
e sim em gestos.

bjussssss

em azul disse...

Maria
Não digas, Maria! Eu oiço-te...

MPereira
Por vezes é no meio do silêncio que aparecem as soluções.

andorinha
Outro beijo para ti

Brunella
Também as tuas a mim!

Ana
Cantemo-lo vezes sem conta...

hmf
As palavras reflectem emoções.

Darkviolet
Não os vi por lá!

Vivian
Se é que se mede, Vivian!


Beijos e abraços a todos
em azul

Seguidores

Arquivo